Nós e os cães abandonados temos muito a agradecer

3

imagens-de-desenhos-37Dar é muito mais fácil do que pedir! Quem já não ouviu essa frase? Já refletiu sobre essa verdade? Já percebeu o quanto é necessário desapegar-se para pedir?

Pedir é exercitar o desapego do nosso maior aliado, nosso próprio Ego e todas as suas defesas.

Pedir é exercitar a arte da humildade e do reconhecimento da nossa ilusão de auto-suficiência como individuo isolado do todo.

A maioria das pessoas quando vão pedir algo é porque realmente precisam que o outro colabore em alguma coisa muito importante que ela sozinha não conseguiria fazer. E com esse animo que encontramos uma moradora em Embu-Guaçu que nos conta o seguinte:

Bem, eu me voltei para a causa animal quando ainda morava em São Paulo, em 2006, e dei lar temporário para 3 cães… inclusive uma cocker cega a qual foi logo adotada. Em 2007 vim morar aqui no Cipó e em 2011 por problemas de saúde e financeiro voltei a dar lar temporário por sugestão da minha médica e abracei de vez a causa animal. Hoje estou com 12 cães sendo 4 meus, outros resgatados e 4 na condição de abrigo temporário (eles têm padrinhos que pagam a hospedagem). E é com o valor que recebo do lar que mantenho quase todos eles, atualmente o boleto de ração só dos cães ficam em torno de R$376,00 atualmente, recebo alguns pedido de resgate e até de lar temporário mas não tenho como atender a tantos pedidos embora meu coração fique apertado por isso, mas preciso manter a razão pra não super lotar o espaço que tenho não posso deixar a emoção me dominar….”

Vocês devem estar imaginando que o trecho acima foi publicado para causar piedade em relação á esta mulher. Mas não foi, pois vocês já sentiram como é agradável servir a quem gostamos? É inebriante a sensação de ser útil e necessário, sensação de plenitude ao cuidar de forma eficiente de quem precisa de nossos cuidados.

Bem, feitos os esclarecimentos, vamos voltar a história dessa guerreira vitoriosa de Embu-Guaçu

“… tenho também 12 gatos, dos quais 6 são meus 5 estão como lar temporário aguardando adoção e 1 em hotelzinho, foi doada por mim a cerca de um ano mas no momento a sua tutora se encontra com alguns problemas e ela voltou para eu cuidar até que  tudo volte ao normal para ela voltar pra casa, por 1 delas  recebo uma ajuda de R$ 20,00, e ajuda esporádica sem valor fixo de uma pessoa e nesta condição peço ajuda para a ração dos gatos e demais necessidades. Dois dos cães precisam de tratamento veterinário constante e, as vezes, tenho que interromper por falta de verba… e esse é o motivo pelo qual estou sempre fazendo apelos no Facebook (https://www.facebook.com/LarAumicaoDoacaodeanimais) vendendo rifas, brechó on-line, etc. E peço todo o tipo de doações que puderem para reverter em dinheiro, mas prefiro material,  remédios, seringas, luvas, ração para os gatos, etc.

 Duvido que vocês não darão uma olhada e compartilharem muito a pagina do Facebook acima! Mas antes vamos concluir a leitura…

“ …por enquanto recebo um pequeno auxilio doença do INSS e moro em casa alugada,  por este motivo não posso melhorar muito o local dos cães para lhes dar mais conforto.  Eu gostaria poder fazer baias e canis, pois assim eles ficam separados por cercas, agrupados em 3 quintais em cada área, os gatos por falta de um gatil ficam no meu quarto podendo as vezes circular pela casa principalmente a noite.
Hoje mesmo resgatei mais um, rsrs…

Quem puder me ajudar acesse o link https://www.facebook.com/LarAumicaoDoacaodeanimais,

Obrigada “

A mulher que prefere não ser identificada finaliza agradecendo, mas somos nós que agradecemos por ela existir e compartilhar conosco sua linda história e assim permitr que exercitemos a caridade.

Share.

About Author

3 Comentários

Leave A Reply