Cresce numero de estupros nas cidades do Conisud

0
estupro em onibus

Caso do adolescente carioca que estuprou jovem em ônibus no Rio de Janeiro ganhou repercussão nacional

A violência sexual fez 125 vítimas nos primeiros quatro meses desse ano nas cidades de Embu das Artes, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, São Lourenço, Juquitiba, Embu-Guaçu, Cotia e Vargem Grande Paulista. O ano passado 381 mulheres foram vítimas de estupro nas oito cidades. Embu das Artes lidera os casos de mulheres violentadas. Foram 109 estupros em 2012 e somente nos quatro primeiros meses desse ano já foram registrados outros 33 casos. São Lourenço da Serra é a cidade mais segura da região quando o assunto é violência sexual. Este ano só houve um registro de estupro em 2012 foram 8. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Os casos de estupro são cada dia mais frequentes nos noticiários, despertando a necessidade de discutir o combate ao crime que figura entre os mais brutais. Marca para sempre a vida das vítimas e deixa sequelas invisíveis que afetam diretamente os relacionamentos das mulheres alvo dos estupradores, assim como também afeta suas famílias. Até mesmo entre os criminosos o estupro normalmente é repudiado.

Embu das Artes lidera casos

O município de Embu das Artes lidera na região a triste estatística de campeão dos casos de registro de mulheres violentadas. Foram 109 em 2012 e já são 33 este ano. Ao todo 9 mulheres foram vítimas de violência sexual em janeiro. Em fevereiro foram outras 9. No mês de março foram 7 casos e em abril 9 vítimas de crimes sexuais registraram queixa na polícia. As estatísticas da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo não deixam claro os locais de maior incidência e nem as características dos crimes. Também não há registro se as mulheres foram vítimas de estupro por ex-companheiros ou desconhecidos.

Taboão da Serra fica em segundo lugar

A cidade de Taboão da Serra é a segunda colocada no ranking dos casos de estupro no Conisud segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Entre janeiro e abril deste ano já foram registrados 30 casos, sendo 6 em janeiro, 4 no mês de fevereiro, 11 em março e outros 9 em abril. Em 2012 um total de 89 mulheres registrou queixa de estupro em Taboão.

O município de Cotia é o terceiro onde mais ocorre violência sexual na região. A cidade possui 21 registros de estupros entre janeiro e abril. Foram 5 casos em janeiro, 5 em fevereiro, 6 em março e outros 5 em abril.

 Já Itapecerica da Serra fica em quarto lugar no registro dos casos de estupro. Foram 19 casos esse ano, dos quais 8 ocorreram em janeiro, 3 fevereiro, 5 em março e 3 em abril. Em 2012 Itapecerica teve 46 registros de estupros.

 Em Embu-Guaçu nos primeiros 4 meses do ano 10 mulheres registraram queixa de estupro. Em janeiro foram 4 casos,  em fevereiro 5. No mês de março não houve nenhum registro e em abril uma mulher prestou queixa de estupro. O ano passado a cidade notificou a ocorrência de 26 casos de mulheres violentadas.

Vargem Grande Paulista contabilizou em quatro meses 6 casos de estupro. Dois deles em janeiro, um em fevereiro e outros dois em abril. O ano passado 16 mulheres foram vítimas de estupro na cidade. 

Já a cidade de Juquitiba registrou 5 casos, sendo um em janeiro, um em fevereiro um em março e dois em abril. O ano passado o municipio totalizou 14 ocorrências de estupro.
 
Fonte: Jornal na Net 2/6/2013
Share.

About Author

Leave A Reply